Lições de empreendedorismo de Ray Kroc [“The Founder” – Série especial]

Jovem, você já assistiu ao filme? Espero que sim… hehehe

Seria Ray Kroc o mocinho? O bandido?

Na verdade, acho que isso não vem ao caso. O fato é que no filme vemos um empreendedor brilhante criar estratégias matadoras para expandir seu negócio.

E é claro, você pode aprender muito com esse cara. Confira alguns dos principais pontos. Se você ainda não assistiu ao filme, por favor, faça isso, jovem. Você não irá se arrepender.

  • Para os irmãos McDonald, o sucesso que haviam alcançado com sua lanchonete era o suficiente. Eles se acomodaram com sua realidade, não enxergaram o potencial de crescimento de sua empresa. Então surgiu o visionário Ray Kroc, que expandiu a empresa e ultrapassou todas as fronteiras. Nesse sentido, ele realmente foi o fundador. Isso nos faz refletir sobre a importância de se ouvir as pessoas, de lhes dar oportunidades e de estarmos abertos a novas ideias e estratégias.
  • Tanto na parceria entre os irmãos MacDonald com Ray quanto na parceira deste com o consultor financeiro vemos a importância de nos juntarmos a pessoas que complementem nossas habilidades. Que nos ajudem a ver o mundo sob um novo ângulo.
  • Ao se comprometer a instalar as franquias do MacDonald’s pelo país, Ray Kroc, realmente, teve o pensamento de fundador, ou seja, cuidou do negócio como se fosse dele, como se fosse o único responsável pelo bom andamento da empresa. Você tem esse pensamento sobre a empresa onde trabalha?
  • Em diversas cenas vemos que Ray cuidava da limpeza da lanchonete, gerenciava a cozinha, vendia franquias, enfim, fazia o que fosse preciso pela empresa. Lembre-se de que você mesmo deve colocar a mão na massa quando quiser que as coisas aconteçam!
  • Sonhe alto, não tenha medo de crescer, trace objetivos e saiba qual é o momento certo de expandir seu negócio.

“Nothing in the world can take the place of persistence. Talent will not; nothing is more common than unsuccessful men with talent. Genius will not; unrewarded genius is almost a proverb. Education will not; the world is full of educated derelicts. Persistence and determination alone are omnipotent.” (citação do filme)

  • Controlar a qualidade de uma franquia ou de diversas unidades de uma empresa é complicado, mas não é impossível. Ray foi rigoroso e foi bem claro em sua mensagem: a essência do negócio pode ser perdida por uma simples mudança no cardápio.
  • O protagonista nos ensinou a ficarmos sempre perto das pessoas que acreditam em nossos sonhos, que nos apoiam, nos animam e que compartilhem dos nossos sonhos.
  • Talvez uma das lições mais marcantes do filme tenha sido essa: dê um significado ao seu negócio, estabeleça valores (os seus valores), reúna pessoas em torno de uma causa. Kroc observou que igrejas tinham um símbolo, observou que países tinham bandeiras e decidiu usar essa linha de pensamento para fazer de sua empresa uma causa, de criar nas pessoas um senso de comunidade. Um pensamento muito à frente para sua época, não é mesmo? E olhe só o resultado: um verdadeiro império!
  • Esse insight complementa o anterior: Ray nos mostrou que precisamos vincular uma imagem à nossa marca, algo que faça as pessoas se lembrarem de nossa empresa. No caso, muito sabiamente, Ray usou os famosos arcos dourados.
  • Esteja ligado todo o tempo e enxergue talentos onde ninguém mais os vê. Em uma das cenas, Kroc contrata um vendedor de bíblias para ser seu primeiro gerente. E o cara mostrou ser a escolha certa para a função!
  • Cresça e leve seus funcionários junto com você. Em uma das cenas do filme, logo quando Ray Kroc abre a primeira franquia, vemos que ele parabeniza um dos funcionários pelo excelente trabalho que fez na grelha de hambúrgueres. Em outra cena, quando o negócio havia se expandido, vemos esse mesmo funcionário na linha de frente da empresa.

 

Espero que tenha curtido as dicas! Até a próxima!

0 Comments

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WordPress spam blocked by CleanTalk.