Porque contratar alguém superqualificado (sem medo de ser feliz)…

Porque contratar alguém superqualificado (sem medo de ser feliz)…

Porque contratar alguém superqualificado (sem medo de ser feliz)…

Segundo Jing Zhou, professora de administração e psicologia da Rice University, em nossa economia atual há uma grande tendência do aumento dos subempregos, empregos informais, temporários ou sem vínculo. Diante desse cenário, a maioria dos empregadores acredita ser uma escolha ruim contratar alguém com qualificações que vão atém do que é exigido na função, porém, esse fato pode trazer muitos benefícios para o profissional e para a empresa.

O estudo, realizado com docentes em uma universidade, teve início com os professores classificando seu próprio nível de qualificação, em uma escala de 1 a 7. Em seguida, os superiores desses profissionais os avaliarem em relação à criatividade e comportamento. Ao se comparar os resultados, chegou-se à conclusão de que aqueles que se consideraram como superqualificados (acima de 5, na escala de 1 a 7) receberam as classificações mais altas de seus supervisores.

Outra pesquisa foi realizada com técnicos de uma fábrica de brinquedos que receberam um teste que mediu seu nível de qualificação. Em seguida, os participantes tiveram 30 minutos para projetar e montar um barco de brinquedo, usando, no mínimo 30 peças. Os resultados mostraram que os trabalhadores identificados como superqualificados acabaram usando a maioria das peças e surpreendendo na criatividade.

Ambos os estudos mostraram que os empregados superqualificados adotam novas ideias e vão atém de sua função. Por exemplo, os professores implementam novas abordagens de conteúdo para despertar o interesse dos alunos e promovem até mesmo eventos especiais em sala. Já os técnicos da fábrica de brinquedos criaram desenhos exclusivos para os barcos ou até mesmo criaram mais de um barco.

“Os trabalhadores superqualificados tendem a experimentar coisas diferentes, e através desse processo, trazem insights criativos e encontram as melhores maneiras realizarem seu trabalho”, Jing Zhou.

E quais os benefícios desse tipo de contratação para a empresa?

1.Por serem mais qualificados do que o trabalho exige, esses empregados têm mais habilidades e mais tempo para se engajarem em outras atividades. Afinal, eles podem executar suas tarefas de uma maneira mais rápida do que os demais empregados.

2.Eles vão além de suas obrigações. O tempo extra dos profissionais superqualificados pode ser usado como uma forma de beneficiar ainda mais a empresa. Por exemplo, se houver necessidade ou surgir uma oportunidade, eles vão além das atividades exigidas pela organização e podem gerar ideias novas e úteis.

Porém, para que essa contratação seja benéfica para todos, os líderes precisam estar abertos e dispostos a darem a liberdade que o profissional precisa. Afinal, muitas vezes, os gerentes lhes dizem “você não está se concentrando em suas atividades” ou “você está indo atém da descrição da sua função”. É preciso confiar nessas pessoas e deixar que executem suas atividades com a criatividade, esforço e tempo que julgarem necessário.

Os líderes precisam motivar e ajudar esses funcionários a se identificarem com a organização. Essa prática gera engajamento e faz com que eles se sintam parte da organização. Além disso, é necessário que os líderes os ajudem a aproveitar melhor seu tempo para serem produtivos, criativos e se sentirem satisfeitos com o trabalho que realizam.

No entanto, não se deve forçá-los a trabalharem dessa maneira. É uma escolha do profissional ir além ou não de suas atividades. Eles devem ter total liberdade sobre seu trabalho.

Sabemos que tudo funciona bem quando há um equilíbrio, por isso, a especialista Jing Zhou não recomenda que sejam contratados profissionais “extremamente superqualificados” para funções com atividades simples. Nesses casos, o trabalho pode se tornar tão simples para suas habilidades que eles podem se sentir desencorajados e desmotivados.

 

https://www.fastcompany.com/40405803/why-the-next-person-you-hire-should-be-overqualified

0 Comments

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WordPress spam blocked by CleanTalk.