“The Happiness of Pursuit”, de Chris Guillebeau

“The Happiness of Pursuit”, de Chris Guillebeau

“The Happiness of Pursuit”, de Chris Guillebeau

Aprenda a encontrar a sua verdadeira paixão e a seguir seus sonhos

“The Happiness of Pursuit” fala sobre o eterno impulso humano sobre autodescoberta. Essa mensagem é ainda mais evidente nos dias de hoje, onde a maioria das pessoas apenas segue o rebanho e embarcam no tradicional caminho: escola, trabalho, família. O autor nos encoraja a escolhermos nosso próprio caminho e a nos dedicarmos ao nosso verdadeiro chamado.

Além disso, você irá aprender:

Porque alguém ficaria 100 dias buscando a rejeição.

Porque preparar uma refeição tradicional de outro país pode ser melhor do que visitá-lo.

Quanto custa viajar pelo globo.

Agora, confira os principais insights que você pode ter a partir dessa leitura:

Muitas pessoas compartilham o desejo de embarcar em uma jornada de autoafirmação.

Neste livro você se identificará com a história de várias pessoas que decidiram deixar o medo de lado e seguir seus sonhos.

 

Uma missão surge quando um  verdadeiro chamado é colocado em movimento por fatores externos.

Todos nós temos um chamado, uma paixão que nos motiva a seguir em frente. Mas, nem sempre é fácil encontrar esse chamado. Muitas vezes, precisamos de eventos externos para seguirmos em frente. Na obra, o autor nos mostra uma equação muito interessante para encontrarmos nossa missão. Você precisa ler! 😉

 

Acredite em você mesmo e abrace a rejeição para continuar motivado para completar sua missão.

Você precisa acreditar em si mesmo, pois isso é o que fará você persistir ao longo do tempo. É claro que precisamos de uma ajudinha externa para nos mantermos motivados. E é aí que o autor nos mostra o poder da rejeição!

Independentemente de sua paixão ou circunstâncias pessoais, nenhuma missão é grande demais ou cara demais.

Acha que sua missão é cara demais? Sem problemas, ainda assim você deve prosseguir. Apenas comece sua jornada e quando tiver feito isso, estime seus custos. Se realmente seu projeto for caro, faça uma pausa, respire e o divida em pequenas missões. Se você acha que não tem tempo para realizar sua missão, repense suas estratégias e a forma como você gerencia seu tempo. Apenas não se acomode, crie objetivos e estratégias. Não desista.

 

Perseguir algo que você ame já é a recompensa em si.

Você poderia pensar que o último ponto de embarque de sua jornada é o sentimento de “missão cumprida” que você experimentará quando houver finalizado seu último objetivo. Mas esse não é o final da história. Porque esse ainda não é o final da jornada e você pode desfrutar desse sentimento ao longo de todo o processo. O autor nos ensina: “Quando você encontra algo que ama, você não irá deixá-lo ir embora.” Acredite: você se sentirá feliz pelo fato de seguir algo que você ame e acredite.

 

Se você vive uma vida sem propósito, você precisa encontrar sua missão.

Você já se encontrou se perguntando sobre o sentido de sua vida e lamentando por não ter um propósito? Em caso afirmativo, você precisa de uma missão! Lembre-se de que essa missão não é sobre ganhar, é sobre se autodescobrir.

 

Missões podem mudar sua vida para melhor, mas elas também podem mudar pessoas para melhor.

Colocar sua missão em ação, empodera você, lhe tona mais confiante e autossuficiente. E um belo dia, ao persistir em sua missão, você sentirá a necessidade de fazer mais e de dividir seu propósito com o mundo!

 

Uma vez que você tiver completado sua missão, encontre uma nova e restaure o senso de propósito em sua vida.

“Cumpri minha missão! Então, por que me sinto um pouco triste?” Porque você precisa de outra missão? Quem disse que você só pode percorrer uma jornada na vida?

May 18, 2017